Respostas suas às perguntas

hero_doctor_girlO que é a Sucralose?
A Sucralose é um adoçante sem calorias, de alta qualidade, feito a partir do açúcar e que mantém o sabor do açúcarÉ cerca de 600 vezes mais doce que o açúcar.

Qual é a diferença entre SPLENDA® e Sucralose?
SPLENDA® é a marca do ingrediente adoçante, a Sucralose. Sucralose é o nome genérico ou comum.

Como foi descoberta a Sucralose?  Quem a descobriu?  Onde foi descoberta?  Quando?
A Sucralose foi descoberta em 1976 como resultado de um projeto de investigação científica sobre adoçantes conduzido em conjunto pela companhia Tate & Lyle e o Queen Elizabeth College de Londres, Reino Unido.  Os investigadores, que investigavam a relação entre a estrutura e sabor da molécula de açúcar, descobriram que, ao modificar a estrutura do açúcar de uma certa forma, podiam intensificar a doçura do açúcar e, ao mesmo tempo, torná-lo não calórico.

Como é feita a Sucralose?
A Sucralose é feita por meio de um processo patenteado de múltiplas etapas que começa com o açúcar e substitui selectivamente três grupos hidrogénio-oxigénio da molécula de açúcar por três átomos de cloro.  O resultado é um adoçante com gosto de açúcar, porém sem as calorias do açúcar.

A Sucralose é um adoçante natural?
Não. A Sucralose não é um produto natural – ela não se encontra na natureza. Apesar da Sucralose ser feita a partir do açúcar, a molécula de açúcar é quimicamente modificada para fazer a Sucralose, a qual é classificada como adoçante artificial.

Quantas calorias tem a Sucralose?
A Sucralose não é metabolizada pelo organismo como fonte de energia e portanto tem zero calorias.

Qual é o grau exacto de doçura da Sucralose?
Em média, a Sucralose é cerca de 600 vezes mais doce que o açúcar e por isso bastam quantidades muito pequenas para adoçar os alimentos e bebidas. Por exemplo, uma lata normal (350mL) de refrigerante “de dieta” necessita de apenas 70 miligramas (0,07g) de Sucralose, comparado à versão do refrigerante com todas as calorias, a qual contém normalmente cerca de 40g de açúcar ou xarope de milho de alto conteúdo de frutose.

Em que tipos de alimentos e bebidas usam os fabricantes a Sucralose?
A Sucralose é extremamente versátil.  Já está a ser usada na maioria dos alimentos e bebidas, inclusive sobremesas à base de lacticínios, produtos de panificação, pastilhas elásticas, sorvetes e snacks de baixo teor de hidratos de carbono.  Também pode ser usada em alimentos onde alguns outros adoçantes não podem ser usados.  Como permanece doce mesmo em condições de alta intensidade de calor e durante o armazenamento prolongado e como tem um óptimo sabor a açúcar, a Sucralose é usada numa ampla gama de alimentos e bebidas de baixo teor calórico.

Quais são os benefícios da Sucralose?
A Sucralose é feita a partir do açúcar e mantém um excelente sabor a açúcar.  Também é extremamente versátil e pode ser usada para substituir adoçantes calóricos, como o açúcar e o xarope de milho de alto conteúdo de frutose, na maioria dos alimentos e bebidas.  A Sucralose mantém a sua doçura por períodos prolongados, inclusive durante o cozer e assar dos alimentos.

Obtenha receitas saborosas para fazer em casa, visitando o site www.splenda.com

Segurança da Sucralose

A Sucralose é segura?
A Sucralose é segura.  Esta é a opinião de todas as entidades reguladoras que analisaram as investigações científicas sobre este ingrediente.

Foram realizados testes com seres humanos?  Foi relatada alguma reacção negativa?
Desde a sua introdução há mais de uma década, milhões de pessoas já se deleitaram de forma segura com os alimentos e bebidas adoçados com Sucralose. Foi conclusivamente testada e a sua segurança já foi confirmada pelas autoridades reguladoras que representam mais de 80 países.

Um amplo banco de dados das investigações científicas demonstra que a Sucralose não tem nenhum efeito nocivo e pode ser usada com segurança por todos os consumidores, inclusive populações mais sensíveis tais como diabéticos, crianças e mulheres grávidas. Como produto, a Sucralose não exige rótulos de advertência nem declarações contendo informações relativas à saúde.

Como é que a Sucralose é metabolizada pelo organismo?  Quanto tempo leva a decompor-se no organismo?
A Sucralose entra e sai do corpo como Sucralose.  Não se decompõe no organismo e não fornece nenhuma caloria.

Quais serão os efeitos a longo prazo do consumo da Sucralose?
A Sucralose é segura.  Não há nenhum efeito nocivo como resultado do consumo da Sucralose a longo prazo.  Foram feitos testes específicos, tanto em animais como no homem, para nos dar garantias quanto a isto.  É por isto que mais de 80 países do mundo inteiro, inclusive o Reino Unido e os EUA, aprovaram a Sucralose para o consumo humano.

Como é que a Sucralose interage com outros alimentos e ingredientes alimentares e medicamentos?
Como a Sucralose pode ser usada em vários alimentos diferentes, o potencial de interacções foi totalmente investigado. Estes estudos demonstraram que a Sucralose é um ingrediente inerte e não reactivo que não interage com outros ingredientes alimentares ou medicamentos.

A Sucralose foi testada completamente?
Sim.  A Sucralose foi testada até satisfazer as exigências de todas as autoridades reguladoras que já analisaram os dados dos estudos de segurança. As autoridades reguladoras do mundo inteiro concordaram e permitiram que a Sucralose seja usada como adoçante, sem a necessidade de qualquer rótulo de advertência nem declaração contendo informação de saúde.

Como foi determinada a segurança da Sucralose?  
As autoridades reguladoras do mundo inteiro têm exigências específicas quanto aos estudos científicos necessários para demonstrar a segurança de novos ingredientes alimentares, inclusive adoçantes.  A Sucralose submeteu-se a todos os estudos científicos necessários e os dados foram examinados por peritos científicos que representam as autoridades reguladoras do mundo inteiro. Todas as autoridades reguladoras que analisaram os dados de segurança da Sucralose concluiram que ela segura para o consumo pelos seres humanos.

O que acontece à Sucralose no organismo?
Apesar de a Sucralose ser feita do açúcar, o organismo não a reconhece como açúcar ou hidrato de carbono. Ela não é metabolizada pelo organismo como fonte de energia, ou seja, é isenta de calorias. A maior parte da Sucralose ingerida não é absorvida e simplesmente passa pelo sistema digestivo. A pequena quantidade de Sucralose que é absorvida é rapidamente eliminada na urina como Sucralose.

Os diabéticos podem consumir Sucralose?
Sim. Numerosos estudos demonstraram que a Sucralose é adequada para quem tenha diabetes. A Sucralose não é reconhecida pelo organismo como açúcar ou hidrato de carbono. Não é metabolizada pelo organismo como fonte de energia e não afecta os níveis de glicose no sangue. A Sucralose não tem efeitos no metabolismo dos hidratos de carbono nem na secreção de  insulina, sendo portanto adequada ao consumo por diabéticos. Para obter mais informações, visite o website da Associação Americana de Diabetes: www.diabetes.org e o website do adoçante sem calorias SPLENDA®:www.splenda.com (ver a seção “Como Viver com a Diabetes”).

A Sucralose contém cloro? 
Sim. A molécula de Sucralose contém três átomos de cloro e é isto que explica como intensificamos a doçura do açúcar e removemos as calorias.

Não há razão para ter dúvidas quanto à segurança da Sucralose devido à presença do cloro.  No caso da Sucralose, a adição de átomos de cloro converte a sacarina (açúcar) em Sucralose, que é uma substância inerte e não reactiva.  O cloro na Sucralose não se separa no organismo e tão pouco a Sucralose se acumula no corpo.  Na verdade, é a presença destes átomos de cloro que impede a Sucralose de se decompor no corpo como fonte de energia, fazendo portanto da Sucralose um componente não calórico.

O cloro na Sucralose é seguro? 
Definitivamente.  É por isto que todas as autoridades reguladoras que já examinaram os dados científicos sobre a Sucralose aprovaram seu uso como ingrediente alimentar.

O cloro é usado para modificar a estrutura da molécula do açúcar e produzir Sucralose, sendo realmente a explicação de porquê a doçura do açúcar é intensificada ao mesmo tempo que o sabor de açúcar é retido, tornando este componente não calórico.  Simplesmente não há razão para se preocupar com a segurança da Sucralose devido à presença do cloro.  No caso da Sucralose, a adição dos átomos de cloro converte o açúcar em Sucralose, que é uma substância inerte e não reactiva.  O cloro na Sucralose não se separa no organismo e a Sucralose não se acumula no corpo.

O cloro da Sucralose é liberado no organismo? 
Não, a Sucralose não se decompõe no organismo.  Não é afectada pelos processos digestivos do organismo. O cloro da Sucralose não se separa e a Sucralose não se acumula no corpo.  Somente uma pequena parcela da Sucralose que é consumida é realmente absorvida, mas é rapidamente eliminada como Sucralose nas dejecções do corpo humano. A maioria da Sucralose ingerida apenas passa inalterada pelo sistema digestivo.